Petróleo nos EUA cai com realização de lucros; Brent também recua

quinta-feira, 11 de julho de 2013 14:10 BRT
 

LONDRES, 11 Jul (Reuters) - Os futuros do petróleo nos EUA recuaram nesta quinta-feira de uma máxima de 15 meses, com investidores vendendo contratos para realizar lucros, após ganhos acentuados nas últimas três semanas, disseram operadores.

Dados mostrando um aumento nos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA acrescentaram um sentimento baixista ao mercado.

Já os futuros do petróleo Brent recuaram abaixo de 108 dólares por barril nesta quinta-feira, com um relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) enfraquecendo o tom altista da commodity.

O boom do óleo de xisto norte-americano pode gerar o maior aumento do crescimento da oferta fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) em décadas no próximo ano, ajudando a atender a forte demanda global e minando a participação dos países membros do grupo no mercado, disse a AIE.

"As perspectivas para 2014... devem impactar os fundamentos altistas do petróleo", disse a AIE.

Olivier Jakob da consultoria suíça Petromatrix disse que as previsões para a demanda estavam um "pouco otimistas demais", considerando-se uma queda do poder de compra dos países emergentes.

Às 13h56 (horário de Brasília), o Brent recuava 0,8 por cento, a 107,60. Anteriormente na sessão, a commodity atingiu seu maior valor desde 3 de abril, a 108,93 dólares por barril.

O nível representa um forte contraste ante exatamente cinco anos atrás, quando o Brent atingiu seu preço mais alto já registrado, a 147,50 dólares por barril.

O petróleo norte-americano, por sua vez, recuava 1,4 por cento, a 104,97 dólares por barril, após atingir 107,45 dólares anteriormente na sessão, maior valor desde março de 2012. O primeiro mês da commodity subiu quase 3 por cento na sessão anterior, registrando sua maior alta diária desde o início de maio. O contrato subiu 15 dólares por barril desde 28 de junho.

(Reportagem de Julia Payne)