Boom do óleo nos EUA reduzirá fatia de mercado da Opep em 2014--AIE

quinta-feira, 11 de julho de 2013 14:12 BRT
 

LONDRES, 11 Jul (Reuters) - O boom do óleo de xisto norte-americano pode gerar o maior aumento do crescimento da oferta fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) em décadas no próximo ano, ajudando a atender a forte demanda global e minando a participação dos países membros do grupo no mercado, disse a Agência Internacional de Energia (AIE) nesta quinta-feira.

Tanto o gás quanto o óleo de xisto já estão transformando o mercado global de energia, principalmente ao fornecer suprimentos baratos à economia norte-americana e reduzir sua dependência das importações.

Apesar de um crescimento da demanda mundial de petróleo previsto para 2014, atingindo o nível mais forte desde 2010, a oferta deve permanecer bastante confortável, o que significa que os preços do petróleo não devem ter fortes altas, disse a AIE, consultoria de energia para os países industrializados, em seu relatório mensal.

"As perspectivas para 2014... devem impactar os fundamentos altistas do petróleo. O crescimento da oferta dos países fora da Opep parece estar a caminho de atingir um recorde de 20 anos no próximo ano, ultrapassando a máxima de 1,3 milhão de barris por dia de 2002", disse a AIE.

Enquanto também há previsões de impulso para o crescimento da demanda, subindo para 1,2 milhão de barris por dia em 2014 ante 930 mil bpd em 2013, o procura ainda deve ficar aquém da previsão do crescimento da oferta fora da Opep.

(Reportagem de Dmitry Zhdannikov)