Investimento em Libra será de ao menos US$200 bi--fonte da ANP

sexta-feira, 12 de julho de 2013 16:34 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO, 12 Jul (Reuters) - O investimento na área petrolífera de Libra, maior reserva do Brasil, é estimado em pelo menos 200 bilhões de dólares durante sua vida útil, disse nesta sexta-feira uma autoridade do órgão regulador do setor.

"Estamos falando de muitos bilhões de dólares. A previsão é de 200 a 300 bilhões de dólares durante o tempo de vida útil", afirmou à Reuters uma fonte da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na condição de anonimato.

A título de comparação, o montante previsto pode superar os recursos projetados no plano de investimento da Petrobras para cinco anos, de 236,7 bilhões de dólares.

O contrato de Libra, área que será licitada no primeiro leilão do pré-sal em 21 outubro, terá vigência por um período de 35 anos.

O total a ser investido na área, com reservas de 8 a 12 bilhões de barris recuperáveis de óleo --equivalente a cerca de dois terços das atuais reservas provadas do Brasil--, consideraria os investimentos necessários para a perfuração de poços, aquisição de plataformas, logística de estoque e distribuição, bônus de assinatura de 15 bilhões de reais, embarcações de apoio (ao menos 90), máquinas e equipamentos e outros sistemas.

A estimativa é que a área de Libra --que será licitada pelo novo modelo de partilha de produção, que visa garantir maiores ganhos do petróleo ao país-- tenha de 12 a 18 sistemas de produção em operação (plataformas), e que cada um desses sistemas tenha de oito a dez poços produtivos, segundo a ANP.

As plataformas para operar no pré-sal de Libra devem ter uma capacidade de produção média de 150 mil barris de petróleo ao dia. Cada unidade, segundo a fonte, não custa menos de 1 bilhão de dólares no mercado.

PROJEÇÃO CONSERVADORA   Continuação...