França salva empregos com venda de fábrica de alumínio da Rio Tinto

domingo, 14 de julho de 2013 18:12 BRT
 

PARIS, 14 Jul (Reuters) - A França deu um suspiro de alívio no fim de semana depois que a gigante de mineração anglo-australiana Rio Tinto afirmou ter recebido uma oferta por sua fábrica de alumínio francesa, em um acordo que, se aprovado, pouparia mais de 500 postos de trabalho.

Os sindicatos temiam que fábrica de alumínio da Rio Tinto em Saint-Jean-de-Maurienne, nos Alpes, iria fechar depois de ter sido colocada à venda no ano passado.

A Rio Tinto, terceira maior mineradora do mundo, recebeu uma oferta firme pela unidade e uma fundidora associada da alemã Trimet Aluminium AG, em um acordo apoiado pelo Estado francês e o grupo de energia EDF, que planeja ter uma participação minoritária.

As unidades produzem arame de alumínio usados para fazer cabos elétricos para a indústria de energia e elementos de ligação na indústria automobilística.

Para a Rio Tinto, a venda faz parte de uma estratégia para reduzir suas atividades de alumínio e os custos.

O negócio de alumínio da Rio Tinto envolve um investimento de mais de 200 milhões de euros ao longo de seis anos. Outros detalhes ou elementos financeiros da transação não foram divulgados.

(Por Catherine Lagrange e Astrid Wendlandt)