Lagarde: fim de políticas não convencionais precisa ser gradual

terça-feira, 16 de julho de 2013 09:00 BRT
 

BUCARESTE, 16 Jul (Reuters) - Os principais bancos centrais do mundo têm que retirar de forma gradual e cuidadosa suas políticas monetárias não convencionais, afirmou nesta terça-feira a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde.

"Políticas monetárias não convencionais que foram decididas pelo Federal Reserve e pelo banco central britânico, pelo Banco Central Europeu e... o banco central do Japão têm tido... consequências nos fluxos de capital", disse Lagarde em conferência em Bucareste sobre o Leste Europeu e a Romênia.

"A redução dessas políticas... precisa ser gradual e cuidadosa", completou.

Lagarde afirmou que os efeitos iniciais de políticas monetárias não convencionais foram "amplamente positivos", e que o grau e volume de contágio de reduzi-las "ainda precisam ser vistos e estudados".

(Reportagem de Luiza Ilie)