IPC-Fipe desacelera alta a 0,01% na 2ª quadrissemana de julho

quarta-feira, 17 de julho de 2013 07:23 BRT
 

SÃO PAULO, 17 Jul (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo registrou variação positiva de 0,01 por cento na segunda quadrissemana de julho, ante alta de 0,16 por cento na primeira quadrissemana do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta quarta-feira.

Os principais fatores de baixa no período foram os grupos Alimentação e Transportes. Este último teve queda de 0,39 por cento, após alta de 0,38 por cento no período anterior, representando -0,0680 ponto percentual do IPC-Fipe do mês.

O aumento das tarifas de transporte público, principal gatilho dos maiores protestos de rua ocorridos no país em mais de duas décadas, foi revogado em várias capitais, o que ajudou a inflação a perder força em julho.

Mas a maior queda e maior impacto de baixa na segunda quadrissemana vieram dos alimentos, cujos preços recuaram 0,53 por cento, representando -0,1212 ponto percentual do índice, após queda de 0,44 por cento na apuração anterior.

Já Habitação manteve ritmo forte, subindo 0,48 por cento, com impacto de alta de 0,1483 ponto percentual no período.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

(Por Camila Moreira)