Lucro do Bank of America sobe 70% com receita maior

quarta-feira, 17 de julho de 2013 09:09 BRT
 

(Reuters) - O Bank of America, segundo maior banco dos Estados Unidos em ativos, teve um salto de 70 por cento no lucro do segundo trimestre, ajudado por maiores receitas com vendas de ações e corretagem, além de uma queda nas despesas.

O lucro líquido aplicável aos detentores de ações ordinárias subiu para 3,57 bilhões de dólares, ou 0,32 dólar por ação, ante 2,10 bilhões, ou 0,19 dólar por papel, um ano antes. Líquida de despesas com juros, a receita subiu 3,5 por cento, para 22,73 bilhões de dólares.

Analistas esperavam em média um lucro de 0,25 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

As despesas operacionais do banco caíram para 16,02 bilhões de dólares, ante 17,05 bilhões de dólares no mesmo trimestre do ano passado.

O corte de custos tem sido uma prioridade do presidente-executivo Brian Moynihan, que assumiu o cargo em 2010.

As receitas com corretagem e vendas na divisão de mercados globais do banco subiram 17 por cento, para 4,19 bilhões de dólares, excluindo um ajuste contábil.

A receita na divisão de banco global subiu 6 por cento, para 4,14 bilhões de dólares, guiada por um aumento de 24 por cento em receita com taxas no banco de investimentos.

A margem líquida de juros do banco, uma medida sobre a lucratividade de seus empréstimos, subiu para 2,44 por cento, ante 2,21 por cento um ano antes.