Nokia vende menos celulares que o esperado no 2o trimestre

quinta-feira, 18 de julho de 2013 07:35 BRT
 

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia vendeu menos celulares que o esperado no segundo trimestre, mostrando que ainda está longe de recuperar a participação de mercado que perdeu para as rivais Samsung e Apple.

A empresa entregou 7,4 milhões de smartphones Lumia no trimestre, um aumento de 32 por cento sobre o primeiro trimestre, mas abaixo das 8,1 milhões de unidades esperadas por analistas que participaram em um levantamento da Reuters.

As vendas de telefones celulares básicos também foram mais fracas que as estimativas, fechando o trimestre em 53,7 milhões de unidades em comparação com a expectativa do mercado de 56,2 milhões de aparelhos.

A reserva de caixa da empresa ficou em 4,1 bilhões de euros, praticamente em linha com a previsão de mercado.