Minério atinge máxima de 2 meses e meio com alta do aço na China

quinta-feira, 18 de julho de 2013 11:05 BRT
 

CINGAPURA, 18 Jul (Reuters) - Ganhos recentes nos preços do aço na China impulsionaram o apetite pelo minério de ferro, que atingiu nesta quinta-feira a maior cotação desde 30 de abril.

O minério com teor 62 por cento de ferro subiu 1,15 por cento para 131,90 dólares por tonelada.

"Eu acho que será difícil levar os preços além de 130 dólares. O interesse do mercado ainda está lá, mas com preços constantemente subindo, o interesse de compra está diminuindo gradualmente", disse um operador de Xangai.

O preço de referência do minério no mercado asiático já acumula alta de 13 por cento neste mês, refletindo um movimento de recomposição de estoques pelas siderúrgicas depois que uma demanda desacelerada reduziu os preços em 20 por cento no primeiro semestre de 2013.

"Eu acho que é uma redução de oferta de curto prazo", disse o corretor de minério de ferro Peter Cho, da ICAP. "Não acredito que isso irá durar muito tempo. Tenho ouvido que a maior parte da recomposição de estoques está encerrada."

Apesar dos ganhos recentes, o minério de ferro permanece abaixo do pico do ano, de 158,90 dólares, uma máxima de 16 meses alcançada em fevereiro, e pode cair ainda mais no segundo semestre com a chegada de mais oferta ao mercado, segundo agentes do mercado.

Os futuros do aço em Xangai acumulam alta de 4 por cento em julho, apesar de um recuo de 0,2 por cento nesta quinta-feira que levantou dúvidas sobre a sustentabilidade dos ganhos recentes.

(Reportagem de Manolo Serapio Jr.)