Bancos resgatados da Espanha recebem US$2,4 bi de fundo de garantia

quinta-feira, 18 de julho de 2013 13:29 BRT
 

MADRI, 18 Jul (Reuters) - O Fundo de Garantia de Depósitos da Espanha, criado para proteger os depositantes, gastou mais de 1,8 bilhão de euros (2,4 bilhões de dólares) ajudando a compensar os pequenos investidores que perderam dinheiro em dois bancos resgatados do país, disse o Banco da Espanha nesta quinta-feira.

O Fundo de Garantia de Depósitos, ou FGD, principalmente concebido para proteger os depósitos de 100 mil euros ou menos, e apoiado por bancos saudáveis da Espanha, terá participações minoritárias em dois credores, como resultado do acordo.

Como parte de um resgate de 41 bilhões de euros dos bancos espanhóis no ano passado com fundos europeus, os clientes dos bancos resgatados, com investimentos em produtos de risco como dívida subordinada, foram obrigados a convertê-los em ações, com descontos variados.

Mas bancos como NCG Banco e Catalunya Banc não foram listados e o governo está usando o Fundo de Garantia para comprar suas ações.

Bancos da Espanha tiveram que desembolsar um extra de 2 bilhões de euros em contribuições este ano para o FGD, que tinha 3,8 bilhões de euros em ativos no final de 2012.

O plano vai deixar o FGD exposto a dois dos bancos que tiveram de ser socorridos após a crise na Espanha e que devem ir a leilão ainda este ano.

(Por Sarah White)