Microsoft decepciona no 2º tri com vendas fracas de tablets

quinta-feira, 18 de julho de 2013 19:06 BRT
 

SEATTLE, 18 Jul (Reuters) - A Microsoft teve lucro abaixo do esperado no trimestre, em meio a vendas mais lentas de computadores pessoais que afetaram os negócios do sistema Windows e a gastos inesperados de 900 milhões de dólares com estoques de seu tablet Surface.

O fato mostra a luta da maior fabricante de softwares do mundo --que na semana passada anunciou uma reorganização profunda para se transformar em um líder "de dispositvos e serviços"-- para tornar seus dispositivos móveis tão atrativos quanto os da Apple e do Google.

A Microsoft disse que o encargo adicional está relacionado ao tablet Surface RT, lançado junto com o Windows 8 em outubro para competir como iPad, da Apple, mas não vendeu bem.

No início da semana, a Microsoft disse que estava cortando preços dramaticamente e expandindo sua distribuição do modelo para atrair clientes, reduzindo o valor dos dispositivos Surface em seus estoques.

"Nós sabemos que temos que fazer melhor, particularmente nos dispositivos móveis", disse Amy Hood, nova diretora financeira da Microsoft", em entrevista. "Esta é uma grande razão pela qual nós fizemos mudanças estratégicas organizacionais".

A maior companhia de softwares do mundo teve lucro no seu quarto trimestre fiscal de 0,59 dólar por ação, comparado a prejuízo de 0,06 dólar no mesmo período do ano anterior.

Analistas de Wall Street esperavam lucro de 0,75 dólar por ação, em média, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita cresceu 10 por cento para 19,9 bilhões de dólares, ajudada pelas vendas do Microsoft Office, mas ficou abaixo das estimativas de analistas de 20,7 bilhões de dólares.