Moody's eleva perspectiva do rating dos EUA para "estável"

quinta-feira, 18 de julho de 2013 20:10 BRT
 

NOVA YORK, 18 Jul (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody's elevou nesta quinta-feira a perspectiva do rating "Aaa" dos Estados Unidos de "negativa" para "estável", afirmando que a economia norte-americana tem mostrado resiliência.

Para a agência de risco, o crescimento dos EUA, embora moderado, progride atualmente em ritmo mais rápido que em outros países com rating "Aaa".

Ainda segundo a Moody's, apesar de perspectiva fiscal mais favorável dos EUA, déficits do governo devem crescer novamente no longo prazo.

"(A economia vem) progredindo com ritmo mais rápido em comparação com vários pares com 'Aaa' e tem demonstrado um grau de resiliência a grandes reduções nos gastos do governo", afirmou a Moody's, em comunicado.

No início deste mês, a Casa Branca reduziu sua estimativa de déficit fiscal no ano a 759 bilhões de dólares, ou 4,7 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), a partir de sua previsão de abril de 973 bilhões de dólares.

"Nós sentimos que temos informações suficientes sobre a trajetória da dívida neste momento para chegar à conclusão, mesmo sem informações sobre eventuais novas ações em Washington", disse o analista de crédito soberano dos Estados Unidos da Moody's, Steven Hess.

No mês passado, a Fitch também reafirmou o rating soberano dos EUA em "AAA". Mas a agência manteve a perspectiva negativa, dizendo que os níveis de dívida ainda elevados, sem maior redução do déficit, deixavam o país vulnerável a choques.

O rating do país classificado pela Standard & Poor's é de "AA+", com perspectiva estável.

(Reportagem de Luciana Lopez)