Lucro da Yara supera expectativa após venda recorde de fertilizantes

sexta-feira, 19 de julho de 2013 11:25 BRT
 

Por Victoria Klesty

OSLO, 19 Jul (Reuters) - A Yara, maior fabricante de fertilizantes nitrogenados do mundo em volume comercializado, disse que a forte demanda dos produtores por seus nutrientes ajudou a compensar a pressão sobre preços pela competição com os rivais chineses.

A empresa norueguesa disse que as entregas cresceram 21 por cento para um nível recorde no segundo trimestre, com fertilizantes mais baratos e aumento dos preços de alimentos encorajando produtores a comprar.

Isso ajudou a companhia, que tem cerca de 10 por cento do mercado global de fertilizantes nitrogenados, a ter um resultado melhor que o esperado.

O preço médio de venda da Yara para a ureia, um fertilizante básico, foi 27 por cento menor no trimestre em comparação com um ano atrás, com as exportações chinesas ditando preços de mercado.

Um corte no imposto de exportação da China, o maior produtor mundial de fertilizantes, a partir de 1º de julho ameaça inundar o mercado global ainda mais e colocar mais pressão de baixa sobre os preços.

A Yara disse que foi beneficiada pela forte demanda por seu produto final misturado, que ela vende a um valor relativamente estável em comparação aos ingredientes NPK (nitrogênio, fósforo e potássio, na sigla em inglês), que separadamente tiveram queda de preços, limitando ganhos de rivais como a norte-americana Mosaic.

O aumento dos preços dos alimentos e fertilizantes mais baratos estão incentivando os agricultores a usar produtos de alta qualidade para aumentar a produtividade, disse o presidente-executivo da companhia, Jorge Halstead.

Os preços dos alimentos subiram 3,5 por cento em abril-junho em comparação com um ano antes, de acordo com o índice de preços de alimentos da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).   Continuação...