Colheitas de algodão e milho avançam em MT; seguem atrasadas ante 12/13

sexta-feira, 19 de julho de 2013 14:22 BRT
 

SÃO PAULO, 19 Jul (Reuters) - A colheita de algodão em Mato Grosso, maior produtor da pluma no país, havia sido realizada em 20,5 por cento da área plantada na atual temporada até 18 de julho, avanço de mais de 10 pontos percentuais ante a semana anterior, apontou instituto ligado a produtores do Estado nesta quinta-feira.

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) informou ainda em seu site que a colheita de milho em Mato Grosso, Estado que mais produz o cereal na segunda safra, atingiu 56,6 por cento da área cultivada até quinta-feira, avanço de 17 pontos percentuais em uma semana.

Ambas as colheitas estão, no entanto, com atraso ante a mesma época do ano passado, depois que chuvas atrasaram a colheita de soja, cultura que costuma dar lugar às lavouras de milho em Mato Grosso ao final da safra de verão.

Nesta mesma época no ano passado, produtores tinham colhido 34 por cento da safra de algodão e 66 por cento da safra de milho.

A área cultivada com algodão no Estado, segundo o acompanhamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), foi de 475,3 mil hectares, cerca de 35 por cento menor ante o ciclo anterior.

O Estado sozinho corresponde a quase metade da área total cultivada com algodão no Brasil, de 895 mil hectares, também cerca de 35 por cento abaixo da safra anterior, reflexo dos baixos preços da commodity e altos custos de produção.

O algodão perdeu terreno para os grãos com preços mais atraentes, especialmente a soja, que atingiu altos valores no período de preparação da safra.

No caso do milho, a estimativa da Conab é de que o Brasil vai colher uma segunda safra recorde de milho este ano, atingindo 44,2 milhões de toneladas, crescimento de 13 por cento ante 2012.

A produção da chamada "safrinha" deverá crescer 24 por cento este ano em Mato Grosso, respondendo por quase metade da colheita de milho no país neste período do ano.

(Por Fabíola Gomes e Gustavo Bonato)