Minério de ferro tem alta pela terceira semana consecutiva

sexta-feira, 19 de julho de 2013 14:55 BRT
 

CINGAPURA, 19 Jul (Reuters) - Os preços do minério de ferro no mercado à vista asiático registraram nesta sexta-feira a terceira alta semanal consecutiva, impulsionados por compras de siderúrgicas chinesas que estão recompondo estoques e por apostas de operadores em altas adicionais.

Preços firmes do aço na China têm dado suporte ao apetite pela matéria-prima por parte de tradings que precisaram recuperar suas reservas após deixarem que elas baixassem em meio à fraca demanda no primeiro semestre.

O minério com teor de 62 por cento de ferro, referência para o mercado, recuou 0,15 por cento nesta sexta-feira, mas encerrou a semana com alta de 3,86 por cento.

No mês, até o momento, a alta é de cerca de 13 por cento, maior ganho desde dezembro.

"Observando a força no mercado de aço e a redução na oferta de minério da Austrália, eu não estou muito surpreso com a alta nos preços do minério", disse um operador de minério de ferro em Xangai, que negocia cargas provenientes da Austrália.

Recentes chuvas fortes afetaram partes da região australiana de Pilbara, rica em minério de ferro, provocando uma fila enorme de cargas rumo à China, disse o operador.

"Eu vejo os preços entre 125 e 135 dólares pelo resto de julho e em agosto. Eu não acho que o mercado vá além de 135 dólares, não há suporte no mercado de aço para este patamar", disse o operador.

O contrato mais negociado de vergalhão de aço na bolsa de Xangai atingiu ao longo da sessão o maior valor desde 13 de maio.

Uma retomada nos preços de aço na China em um julho normalmente fraco de consumo tem criado esperanças de recuperação do setor depois de um difícil primeiro semestre, mas a desaceleração do crescimento econômico do país torna improvável que os ganhos sejam sustentados por mais tempo, disseram agentes do mercado.

(Reportagem de Manolo Serapio Jr.)