Premiê do Japão quer decidir sobre elevação de imposto no outono

domingo, 21 de julho de 2013 11:43 BRT
 

TÓQUIO, 21 Jul (Reuters) - O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse neste domingo que quer decidir no outono do hemisfério norte se irá seguir em frente com o aumento do imposto sobre vendas programado para o próximo ano, ao mesmo tempo que observa cuidadosamente os indicadores econômicos.

"Nós temos que observar vários dados, incluindo o PIB de abril a junho, e decidir o que precisa ser feito para eliminar obstáculos como a deflação, atingindo o crescimento econômico e restaurando a saúde fiscal do Japão. Eu gostaria de chegar a uma decisão no outono", disse ele.

"Será uma decisão difícil. A economia está só começando a se recuperar e agora é a melhor chance para o Japão sair da deflação. Eu não quero perder essa chance. Ao mesmo tempo, os mercados estão observando a reforma fiscal do Japão."

Sob a lei atual, o Japão planeja aumentar a taxa de imposto sobre vendas, atualmente em 5 por cento, em 3 pontos percentuais em abril do próximo ano, e em mais 2 pontos percentuais --para 10 por cento-- em 2015.

O bloco governista de Abe teve uma vitória decisiva na eleição no Senado neste domingo, consolidando seu controle no poder e estabelecendo o cenário para o primeiro governo estável do Japão desde que o carismático Junichiro Koizumi saiu do cargo em 2006.

(Reportagem de Leika Kihara)