Balança comercial brasileira tem superávit de US$558 mi na 3ª semana de julho

segunda-feira, 22 de julho de 2013 16:10 BRT
 

SÃO PAULO, 22 Jul (Reuters) - A balança comercial brasileira registrou superávit de 558 milhões de dólares na terceira semana de julho pelas vendas de produtos básicos e semimanufaturados, informou nesta segunda-feira o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Entre os dias 15 e 21 deste mês, as exportações somaram 5,371 bilhões de dólares e as importações, 4,813 bilhões de dólares.

Na terceira semana, as exportações subiram 18,9 por cento sobre as duas primeiras semanas julho, considerando a média diária das operações, pelo aumento nos embarques de açúcar em bruto, celulose, ouro semimanufaturado, entre outros.

Já as importações cresceram de 1,8 por cento na terceira semana do mês em comparação até a segunda semana de julho, num ritmo bem mais lento do que as vendas externas. No período, aumentaram as compras de aparelhos eletroeletrônicos, plásticos, siderúrgicos e adubos e fertilizantes.

Com esses resultados, o saldo da balança comercial em julho está positivo em 137 milhões de dólares, com exportações somando 14,405 de dólares e as importações, 14,268 bilhões de dólares. No ano, a balança acumula déficit de 2,955 bilhões de dólares.

Em entrevista à Reuters na última quinta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, traçou um quadro mais benigno para as exportações brasileiras, que serão beneficiados pelo câmbio. Para ele, nos países emergentes, a tendência é que as moedas fiquem mais desvalorizadas em relação ao dólar. Com isso, a tendência, segundo a avaliação dele, é que as exportações brasileiras fique mais baratas.

O comércio internacional brasileiro está sendo afetado pela conjuntura externa, com crescimento menor, além do menor crescimento interno.

(Reportagem de Tiago Pariz; Edição de Patrícia Duarte)