Shell anuncia nova fase de produção de petróleo no Brasil

segunda-feira, 22 de julho de 2013 16:45 BRT
 

LONDRES/SÃO PAULO, 22 Jul (Reuters) - A petroleira Royal Dutch Shell anunciou nesta segunda-feira a ampliação das atividades em dois projetos de águas profundas na costa do Brasil que podem colaborar para elevar a produção da companhia no país a partir do final deste ano.

O desenvolvimento da Fase 2 na região do Parque das Conchas (BC-10), no campo Argonauta (Norte), segue dentro do prazo e deverá entrar em operação ao fim de 2013, com um pico de produção estimado em 35 mil barris de óleo equivalente por dia.

A Shell detém participação de 50 por cento no BC-10, onde a Petrobras tem fatia de 35 por cento e a petroleira indiana ONGC conta com 15 por cento.

A companhia anunciou ainda a aprovação da chamada Fase 3 de desenvolvimento do Parque das Conchas, que incluirá a instalação de infraestrutura submarina nos campos de Massa e Argonauta (Sul).

Quando chegar à fase de produção, a Fase 3 do Parque das Conchas (BC-10) poderá atingir um pico estimado em 28 mil barris de óleo equivalente por dia.

"As atividades na costa do Brasil são uma parte fundamental dos planos de expansão da nossa carteira de águas profundas --um componente chave de nossa estratégia global", disse John Hollowell, vice-presidente executivo de Águas Profundas da Shell para as Américas, em nota.

A empresa não informou quando ocorrerá o pico de produção no Parques das Conchas.

A Shell informou também que decidiu realizar a perfuração de novos poços nos campos de Bijupirá & Salema.

"Atualmente em andamento, o redesenvolvimento de Bijupirá & Salema envolve a perfuração de quatro novos poços de produção. Estima-se que os campos atinjam um pico de produção de 35 mil boe por dia em 2014", afirmou em nota.   Continuação...