Swatch prevê aumento das vendas de relógios Omega na China

terça-feira, 23 de julho de 2013 17:23 BRT
 

ZURIQUE, 23 Jul (Reuters) - A maior fabricante de relógios do mundo, Swatch Group, disse que espera um crescimento mais rápido de vendas e melhores margens no segundo semestre à medida que sua marca Omega volta a crescer na China.

No primeiro semestre do ano, foram registradas quedas de dois dígitos nas exportações para a China e Hong Kong, que absorveram um quarto dos relógios que deixaram a Suíça entre janeiro e junho.

"A Omega voltou fortemente na China continental, não está crescendo a um ritmo de dois dígitos, mas está em uma trajetória de crescimento modesto de novo", disse o presidente Nick Hayek na terça-feira.

As vendas de relógios caros na China têm sido afetadas pela decisão do governo de coibir a prática de presentear autoridades e líderes empresariais para facilitar os negócios. A Hermes da França disse na semana passada que também tinha sido afetada por esta tendência.

(Por Silke Koltrowitz e Caroline Copley)