Atividade industrial dos EUA se recupera em julho--PMI

quarta-feira, 24 de julho de 2013 10:19 BRT
 

NOVA YORK, 24 Jul (Reuters) - As condições no setor industrial dos Estados Unidos melhoraram em julho, visto que as empresas registraram uma recuperação nas novas encomendas, contrataram novos funcionários e aumentaram a produção no ritmo mais rápido em quatro meses, mostrou a pesquisa Índice dos Gerentes de Compras (PMI) nesta quarta-feira.

A empresa de dados financeiros Markit informou que seu PMI preliminar da indústria para os Estados Unidos subiu para 53,2, máxima em quatro meses, ante 51,9 em junho. Uma leitura acima de 50 indica expansão.

A produção subiu para 54,0, também a leitura mais alta desde março, ante 53,5 em junho. A demanda doméstica aumentou e as novas encomendas para exportação se recuperaram após terem contraído em junho.

Como a carga de trabalho aumentou, as empresas contrataram mais funcionários, com o subíndice de emprego subindo para 52,6 neste mês, ante 49,9 em junho.

Mas a taxa de criação de empregos permaneceu "decepcionantemente fraca" e bem inferior ao ritmo visto no início do ano, disse o economista-chefe da Markit, Chris Williamson, que acrescentou que as empresas ainda estão focando em cortes de custos para impulsionar a competitividade.

A leitura preliminar é baseada em respostas de cerca de 85 por cento das indústrias norte-americanas consultadas. A leitura final do PMI da Markit será divulgada no primeiro dia útil do próximo mês.

Para mais informações, veja a matéria em inglês:

(Reportagem de Steven C. Johnson)