Moagem de cana do centro-sul dispara na 1a quinzena

quarta-feira, 24 de julho de 2013 14:52 BRT
 

SÃO PAULO, 24 Jul (Reuters) - A moagem de cana do centro-sul do Brasil somou 42,7 milhões de toneladas na primeira quinzena de julho, crescimento de 46,6 por cento na comparação com a segunda metade de junho, com usinas se beneficiando de um tempo mais seco após chuvas prejudicarem trabalhos de colheita em períodos anteriores.

De acordo com a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), a moagem teve ainda crescimento de 1,1 por cento na comparação com o volume de cana processado na primeira quinzena de julho de 2012.

Em 15 dias, as usinas do centro-sul --que responde por cerca de 90 por cento dos cultivos de cana do país-- processaram pouco mais de 7 por cento do total projetado para toda a safra 2013/14, com moagem estimada pela Unica em cerca de 590 milhões de toneladas de cana.

No acumulado da safra 13/14, as unidades produtoras já processaram 223,8 milhões de toneladas de cana, alta de 31,2 por cento ante o mesmo período da temporada 12/13.

Com o crescimento de 26 por cento das vendas de etanol no centro-sul desde o início da safra 2013/14, para 7 bilhões de litros, as unidades produtoras estão favorecendo a produção do biocombustível.

No acumulado da safra, as usinas produziram 9,4 bilhões de litros de etanol, aumento de 46,2 por cento na comparação com a temporada 2012/13.

Na última quinzena, a produção de etanol subiu 10,4 por cento, a 1,77 bilhão de litros, enquanto a de açúcar caiu 8,8 por cento ante os primeiros quinze dias de julho de 2012, para 2,4 milhões de toneladas.

No acumulado da temporada, a produção de açúcar aumentou 21,2 por cento, para 11,3 milhões de toneladas.

(Por Roberto Samora)