Acionistas da Vigor poderão trocar ações por papéis da JBS

quarta-feira, 24 de julho de 2013 21:23 BRT
 

SÃO PAULO, 24 Jul (Reuters) - Os acionistas da empresa de laticínios Vigor poderão voltar a ser acionistas da JBS, maior produtora de carnes do mundo, em uma operação de troca de ações, conforme fato relevante divulgado nesta quarta-feira.

A operação de troca acontece pouco mais de um ano após o segmento de lácteos da JBS ter sido segregado a Vigor, listando as ações desta no Novo Mercado da Bovespa. Na ocasião, acionistas da JBS puderam trocar voluntariamente suas ações da gigante de carnes pelos papéis da empresa de laticínios.

"Desde o início das negociações no Novo Mercado e até a presente data, as ações da Vigor ainda não atingiram o nível de liquidez esperado", disseram as empresas em comunicado, ao explicar a reversão do negócio.

A FB Participações, acionista controladora da Vigor, assume o compromisso de trocar uma ação da Vigor por uma da JBS, acrescido de 0,010812573 real por ação. O acréscimo equivale à diferença dos dividendos declarados pela JBS e Vigor desde junho do ano passado. As companhias esclareceram ainda que tal valor será corrigido pela variação do CDI do seu pagamento até a data do leilão de troca de ações.

"Este compromisso da FB visa assegurar a todos os acionistas da Vigor, de forma igualitária e voluntária, a possibilidade de optar por uma ação com maior liquidez" diz o comunicado.

A BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que é o segundo maior acionista da Vigor, assumiu o compromisso firme de aderir ao programa de troca de ações, de acordo com o fato relevante.

Os dados da Bovespa indicam que a oferta pública de permuta dos papéis da JBS pela Vigor movimentou cerca de 118 milhões de ações, com um giro financeiro total de 1,9 bilhão de reais.

A FB entrará com o pedido de autorização da operação de permuta de ações junto BMF&Bovespa e também para que, após a realização da operação, o número de ações da Vigor em mercado fique abaixo de 25 por cento.

Nesta quarta-feira, a ação da Vigor teve apenas um negócio realizado na Bovespa, sendo cotada a 6,58 reais, com alta de 0,15 por cento. Já os papéis da JBS fecharam em alta de 4,07 por cento, a 6,60 reais.

(Por Fabíola Gomes)