Casino vê lucro subir 52% no 1o semestre e mantém metas do ano

quinta-feira, 25 de julho de 2013 07:49 BRT
 

PARIS (Reuters) - O grupo francês Casino divulgou lucro maior no primeiro semestre graças ao crescimento no Brasil e à aquisição da rede de supermercados francesa Monoprix, enquanto seus hipermercados nacionais sofreram com a fraca demanda.

O lucro comercial subiu 52 por cento, para 969 milhões de euros (1,28 bilhão de dólares), no período, depois do Casino assumir o controle total da Monoprix e consolidar integralmente a maior varejista brasileira, o Grupo Pão de Açúcar, em seus resultados.

O resultado superou a previsão média de lucro de 923 milhões de euros apontada em pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S, mas a varejista francesa disse que o crescimento nas mesmas lojas foi de apenas de 0,9 por cento.

"Bater as estimativas deve ajudar a dar um suporte positivo para as ações", escreveram os analistas do Citi. "No entanto, as fracas vendas gerais do grupo não tranquilizam sobre perspectivas de ganhos no longo prazo."

No segundo trimestre, o Casino teve aumento de 40 por cento na receita, para 12,09 bilhões de euros, mas o avanço sob o critério mesmas lojas foi de 3 por cento. O crescimento internacional de 10 por cento compensou queda de 3,3 por cento na receita na França, onde as vendas orgânicas de hipermercados recuaram 7,9 por cento.

Ainda assim, o desempenho nos hipermercados Geant Casino tiveram um resultado melhor que o apresentado nos primeiros três meses do ano, quando a queda nas mesmas lojas foi de 11,5 por cento.

Os consumidores de toda a Europa estão sendo impactados com queda na renda disponível por causa de inflação, crescimento salarial moderado e medidas de austeridade de governos.

Enquanto isso, o Casino vem expandindo suas ações em mercados emergentes de rápido crescimento como Tailândia, Brasil, Vietnã e Colômbia, que agora compõem 63 por cento de suas vendas.

O resultado do grupo francês foi divulgado um dia depois que o Grupo Pão de Açúcar anunciou lucro ajustado de 327 milhões de reais para o segundo trimestre, acima dos 212 milhões esperados pela média de analistas consultados pela Reuters.

O Casino manteve nesta quinta-feira suas metas de forte crescimento em vendas para o ano de 2013, bem como avanço nas vendas orgânicas e no lucro comercial.

O diretor financeiro, Antoine Giscard d'Estaing, disse a analistas que estava confortável com o consenso de mercado de lucro comercial de 2,35 bilhões de euros para o Casino no consolidado do ano.