Economia britânica acelera e cresce 0,6% no 2º tri

quinta-feira, 25 de julho de 2013 08:21 BRT
 

Por Olesya Dmitracova e William Schomberg

LONDRES, 25 Jul (Reuters) - A economia britânica acelerou entre abril e junho devido a gastos mais fortes dos consumidores e das empresas, dando um impulso ao governo menos de dois anos antes da eleição.

O Produto Interno Bruto avançou 0,6 por cento no segundo trimestre na comparação com os três meses anteriores, em linha com as estimativa, mostraram dados preliminares da Agência Nacional de Estatísticas.

O resultado foi o dobro do ritmo de crescimento nos três primeiros meses do ano, mas a economia ainda permanece menor do que antes da recessão de 2008/09.

Os números são favoráveis para o ministro das Finanças, George Osborne, que enfrenta pedidos do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do oposicionista Partido Trabalhista para gastar mais buscando acelerar o crescimento.

"Estamos nos atendo a nosso plano e a economia britânica está a caminho da melhora, mas ainda existe um longo caminho e sei que as coisas ainda estão difíceis para as famílias", disse Osborne em comunicado. "Portanto não vou desistir de minha determinação em garantir que consertemos tudo que deu errado em nossa economia."

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, a economia britânica cresceu 1,4 por cento, ritmo mais rápido do que a taxa de 0,3 por cento no primeiro trimestre. Foi o aumento mais rápido desde o início de 2011, embora tenha sido impulsionado por um dia extra de trabalho no período entre abril e junho deste ano.

Foi a primeira vez que todos os setores da economia --agricultura, produção, construção e serviços-- cresceram desde o terceiro trimestre de 2010.

Os dados mostraram que a produção do setor de serviços --que responde por 78 por cento do PIB-- subiu 0,6 por cento no segundo trimestre após alta de 0,5 por cento nos três primeiros meses do ano.   Continuação...