Preços ao consumidor do Japão sobem em junho no ritmo mais rápido em 5 anos

quinta-feira, 25 de julho de 2013 22:15 BRT
 

Por Tetsushi Kajimoto e Leika Kihara

TÓQUIO, 25 Jul (Reuters) - Os preços ao consumidor do Japão subiram em junho no ritmo anual mais rápido em quase cinco anos, em um sinal inicial do fim da persistente deflação e melhorando o prognóstico para o ousado plano de estímulo do banco central japonês, com o objetivo elevar a inflação em dois anos para a meta de 2 por cento.

O aumento de 0,4 por cento no núcleo do índice de inflação, que ficou levemente acima da previsão média do mercado de 0,3 por cento, foi em grande parte devido à elevação nas contas de energia e a um iene mais fraco que inflacionou o custo das importações de gasolina.

Mas é um sinal encorajador para o Banco do Japão, interessado em acabar com 15 anos de deflação, uma vez que sugere que mais empresas estão otimistas o suficiente com a economia, acreditando que podem aumentar os preços de bens ou pelo menos não cortá-los.

O aumento no núcleo do índice, que exclui os preços voláteis de comidas frescas mas inclui os preços de energia, marcou o ritmo anual mais rápido desde o avanço de 1 por cento em novembro de 2008.

É a primeira vez em 14 meses que os preços ao consumidor subiram. Em maio, os preços ficaram estáveis.