Usiminas vê margem em 2 dígitos, não discute Porto do Sudeste

sexta-feira, 26 de julho de 2013 12:23 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Usiminas espera manutenção de sua margem de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) no patamar de dois dígitos nos próximos trimestres, com perspectiva de estabilidade de preços de aço no Brasil e continuação em queda de custos, afirmou o diretor financeiro da siderúrgica, Ronald Seckelmann.

O executivo afirmou ainda que a companhia está acompanhando as notícias sobre possível venda do Porto do Sudeste, controlado pela MMX, mas que "não há nenhuma iniciativa concreta da Usiminas ou em conjunto com outros grupos sobre essa eventual alienação", disse Seckelmann em teleconferência com analistas.

A empresa tem contrato de escoamento de minério de ferro pelo porto e qualquer comprador do porto terá de assumir as obrigações, disseram executivos da Usiminas em resposta a questionamento sobre interesse da companhia em uma eventual aquisição do ativo.

(Por Alberto Alerigi Jr.)