Dona da Penalty troca presidente e quer ganhar liquidez na Bovespa

sexta-feira, 26 de julho de 2013 20:00 BRT
 

Por Luciana Bruno

RIO DE JANEIRO, 26 Jul (Reuters) - A Cambuci, empresa de artigos esportivos fabricante das marcas Penalty e Stadium, pretende migrar para o segmento de listagem nível de governança 1 da Bovespa, disse a empresa nesta sexta-feira.

A meta faz parte de uma reorganização que incluiu a indicação, na véspera, de Paulo Ricardo de Oliveira -ex-executivo de Drogaria Onofre e Pirelli--, para presidente da companhia.

Ele substituirá Roberto Estefano, que junto a seu irmão, Eduardo Estefano, estavam à frente da empresa fundada na década de 1970. Os executivos farão agora parte do conselho de administração.

"É um movimento de profissionalização da Cambuci. Sai a família do comando para entrar um executivo de mercado", disse o conselheiro Felipe Claudino, também executivo da gestora Leblon Equities, cujos fundos detêm 5 por cento da Cambuci.

A meta da nova direção, que assume em 1º de outubro, é melhorar as práticas de governança corporativa e aumentar a liquidez das ações na bolsa. Entre as medidas previstas em preparação está a criação da área de relações com investidores.

"A empresa tem ações em bolsa, mas nos últimos dez anos o mercado de capitais não foi prioridade", admitiu Claudino. As ações quase não são negociadas no pregão.

A Cambuci teve lucro líquido de 4,7 milhões de reais no primeiro trimestre de 2013, alta de mais de 300 por cento frente ao mesmo período do ano anterior, quando o lucro líquido foi de 1,1 milhão de reais.

De acordo com Claudino, a empresa voltou a dar lucro a partir de 2009, após realizar uma reestruturação financeira para enfrentar a desvalorização do real no início dos anos 2000.   Continuação...