IGP-M desacelera alta a 0,26% em julho--FGV

terça-feira, 30 de julho de 2013 08:37 BRT
 

Por Camila Moreira

SÃO PAULO, 30 Jul (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 0,26 por cento em julho, ante elevação de 0,75 por cento em junho, em meio à desaceleração da alta no atacado e à queda dos preços de alimentos e transportes no varejo.

De acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV), em 12 meses o IGP-M acumula alta de 5,18 por cento. Em relação à segunda prévia de julho, entretanto, houve ligeira aceleração mensal, após alta de 0,24 por cento no período. 䀀 O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, teve alta de 0,30 por cento em julho, ante avanço de 0,68 por cento no mês anterior.

Já o Índice de Preços ao Consumidor, com peso de 30 por cento no índice geral, teve deflação de 0,07 por cento, contra alta de 0,39 por cento visto anteriormente

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), por sua vez, registrou elevação de 0,73 por cento, desacelerando ante alta de 1,96 por cento em junho.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel, e calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

O nível elevado de inflação recentemente abalou a confiança do consumidor, que atingiu em julho o menor nível desde maio de 2009, segundo a FGV.

Mas tanto Transportes --após a revogação do aumento das tarifas do transporte público em várias capitais-- quanto Alimentação vêm ajudando os preços a perder força, o que já foi indicado pela desaceleração da alta do IPCA-15 para 0,07 por cento em julho.