Sprint aumenta receita, mas divulga prejuízo maior no 2o tri

terça-feira, 30 de julho de 2013 12:15 BRT
 

NOVA YORK, 30 Jul (Reuters) - A Sprint Corp, terceira maior operadora de telefonia móvel dos EUA, registrou aumento no prejuízo trimestral impactada por custos mais pesados do encerramento da sua antiga rede Nextel.

A Sprint, que vendeu 78 por cento das suas ações para a japonesa SoftBank Corp no trimestre, divulgou um prejuízo líquido de 1,6 bilhão de dólares no segundo trimestre ou 0,53 dólar por ação, ante perda de 1,4 bilhão de dólares, ou 0,46 dólar por ação um ano antes.

Excluindo itens como custos de transações e encargos pelo fechamento da rede, o prejuízo da Sprint teria sido de 0,31 dólar por ação, um centavo de dólar acima da expectativa de Wall Street, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita subiu para 8,88 bilhões de dólares, ante 8,84 bilhões no mesmo período de 2012. Em média, os analistas de Wall Street esperavam uma receita mais próxima de 8,7 bilhões, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Sprint afirmou que espera que o lucro operacional ajustado antes de depreciação e amortização (Oibda, na sigla em inglês) fique entre 5,1 bilhões e 5,3 bilhões de dólares em 2013, incluindo custos não contábeis e não recorrentes relacionados à venda do controle para a SoftBank e assunção total da Clearwire em julho.

(Por Sinead Carew)