EADS muda nome para Airbus e eleva meta de encomendas de aviões

quarta-feira, 31 de julho de 2013 08:22 BRT
 

PARIS, 31 Jul (Reuters) - A europeia EADS confirmou nesta quarta-feira seus planos de reorganização em três divisões e a mudança de seu nome para Airbus, adotando uma aparência semelhante a de sua rival Boeing em uma aposta para se tornar mais competitiva.

A EADS irá se chamar Grupo Airbus, assumindo o nome de sua subsidiária fabricante de aviões, e irá combinar as atividades de defesa e espaço em uma divisão juntamente com a de transporte Airbus Militar, atualmente combinada com a unidade de aviões de passageiros.

A Eurocopter, maior fabricante de helicópteros comerciais do mundo, irá se chamar Airbus Helicópteros.

O anúncio ocorre quando a EADS completa sua revisão de estratégia e eleva a meta de encomendas para 2013 para a sua unidade principal Airbus, em 25 por cento, para mais 1.000 aviões.

Outras metas não foram modificadas.

Impulsionada pelos lucros da unidade Airbus comercial, que ofuscou os ganhos menores em helicópteros e espaço, o lucro operacional da EADS no segundo trimestre subiu 23 por cento, para 887 milhões de euros (1,18 bilhão de dólares) com receita de 13,945 bilhões de euros, um aumento de 3 por cento.

Analistas esperavam em média um lucro operacional de 839 milhões de euros e receita de 13,693 bilhões de euros.

A EADS disse que a reorganização teria início em 1o de janeiro.

(Por Tim Hepher e Cyril Altmeyer)