Lucro da Bombardier sobe com avanço em unidade ferroviária

quinta-feira, 1 de agosto de 2013 08:19 BRT
 

TORONTO/BANGALORE (Reuters) - A fabricante canadense de aviões e trens Bombardier anunciou nesta quinta-feira aumento de 22 por cento no lucro no segundo trimestre, ajudada em grande parte pelos negócios de sua divisão ferroviária.

O lucro líquido subiu para 180 milhões de dólares, ou 0,10 dólar por ação, ante 147 milhões, ou 0,08 dólar por papel, um ano antes. Em uma base ajustada, o lucro da empresa foi de 0,09 dólar por ação.

A receita subiu para 4,43 bilhões de dólares, ante 4,17 bilhões anteriormente.

A Bombardier já adiou por duas vezes o voo inaugural de seu esperado novo avião CSeries, colocando em dúvida a ambiciosa meta da empresa de colocar o jato em serviço em meados de 2014.

"Estamos agora na fase final de testes em preparação para o primeiro voo nas próximas semanas", disse o presidente-executivo Pierre Beaudoin, nesta quinta-feira.

O programa de 3,4 bilhões de dólares é a porta de entrada da Bombardier no segmento de aviões comerciais maiores, atualmente dominado por Boeing e Airbus.

A receita na unidade aeroespacial da Bombardier ficou estável em 2,3 bilhões de dólares no segundo trimestre. A carteira de pedidos na divisão ficou em 33,4 bilhões de dólares no fim de junho, comparada com 32,9 bilhões no fim de dezembro.

A companhia, a maior fabricante de trens do mundo, disse que a receita nessa unidade subiu 22 por cento para 2,2 bilhões de dólares. A carteira de pedidos nessa unidade ficou em 32,1 bilhões de dólares no fim de junho, ante 32 bilhões no final de dezembro.