Continental está menos otimista depois de desaceleração nas vendas

quinta-feira, 1 de agosto de 2013 09:57 BRT
 

BERLIM, 1 Ago (Reuters) - A fabricante alemã de auto-peças e pneus Continental AG reduziu sua expectativa de vendas para o ano, culpando a demanda menor que a esperada para pneus de reposição na Europa.

As vendas no ano devem subir para cerca de 34 bilhões de euros (45 bilhões de dólares), disse a empresa nesta quinta-feira, após prever em maio que esse nível seria superado.

"O otimismo diminuiu", disse o vice-presidente financeiro Wolfgang Schaerfer à Reuters.

A Continental reduziu sua expectativa de crescimento para as vendas de pneus de reposição no mercado europeu, que responde por cerca de 60 por cento das vendas da empresa, para 1 por cento, ante 3 por cento previstos anteriormente.

No terceiro trimestre, as vendas provavelmente ficarão estáveis sobre o período de abril a junho, quando subiram 4,3 por cento para 8,54 bilhões de euros, disse a empresa, citando a estabilidade na produção de carros na Ásia e na América do Norte.

Ainda assim, a empresa manteve a perspectiva de manter a margem de lucro operacional acima de 10 por cento, depois de um resultado de 10,8 por cento em 2012.

O lucro ajustado antes de juros e impostos (Ebit) no segundo trimestre subiu 1,5 por cento para 980,7 milhões de euros, acima da expectativa de 972 milhões de euros apontada em uma pesquisa da Reuters.

(Por Andreas Cremer)