HSBC pode arcar com até US$1,65 bilhão em ação judicial

segunda-feira, 5 de agosto de 2013 16:06 BRT
 

LONDRES, 5 Ago (Reuters) - O HSBC, maior banco da Europa, disse que poderia arcar com até 1,6 bilhão de dólares num acordo com reguladores norte-americanos sobre a venda de títulos lastreados em hipotecas durante a bolha imobiliária.

A Agência Federal de Financiamento Habitacional (FHFA, na sigla em inglês), administradora da Fannie Mae e Freddie Mac, alegou que 18 bancos deturparam a qualidade das garantias dos papéis entre 2005 e 2008.

O banco suíço UBS pagou 885 milhões de dólares em um acordo com a FHFA no mês passado. Citigroup e General Electric também fecharam acordos por valores não revelados.

"Com base na informação atualmente disponível, é possível que esses danos atinjam até 1,6 bilhão de dólares", disse o HSBC em comunicado divulgado junto com os resultados semestrais nesta segunda-feira.

A ação judicial movida pela FHFA alega que os bancos causaram a perda de centenas de milhões de dólares à Fannie Mac e à Freddie Mac.

(Por Steve Slater)