Brazil Minerals adquire direitos de exploração de titânio no Brasil

segunda-feira, 5 de agosto de 2013 16:15 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 5 Ago (Reuters) - A Brazil Minerals, empresa americana com recursos minerais no Brasil, anunciou nesta segunda-feira que adquiriu direitos para desenvolver um projeto de vanádio, titânio e minério de ferro no Piauí.

A subsidiária brasileira da Brazil Minerals, BMIX Participações, assinou contrato com a empresa brasileira ICL, para desenvolver e possuir até 75 por cento do projeto por 382 mil dólares e o equivalente a 55 mil dólares da companhia em ações.

O percentual definitivo da Brazil Minerals no projeto dependerá do resultado das pesquisas geológicas, como de praxe na indústria de mineração.

"Este projeto é muito promissor, é incrivelmente raro encontrar vanádio e titânio para estas concentrações", afirmou em nota, o presidente da empresa, Marc Fogassa.

A empresa acrescenta que os resultados geoquímicos coincidem com outras pesquisas observadas no projeto da Largo Resources Campo Alegre, a apenas 25 quilômetros. Segundo a empresa, os recursos dos diferentes projetos devem estar conectados.

Vanádio e titânio são considerados minerais estratégicos, fundamentais na resistência em ligas de aço. A Brazil Minerals já extrai ouro e diamante no Brasil.

(Por Sabrina Lorenzi)