Brasil terá safras recordes de soja e milho em 13/14--Céleres

segunda-feira, 5 de agosto de 2013 19:18 BRT
 

SÃO PAULO, 5 Ago (Reuters) - A safra 2013/14 de soja do Brasil provavelmente vai atingir um recorde de 85,2 milhões de toneladas, superando a da temporada anterior em 4,9 por cento, previu nesta segunda-feira a consultoria Céleres.

A grande produção esperada para a safra 13/14, que ainda vai ser plantada a partir de setembro, deverá permitir que as exportações de soja do Brasil superem o volume do processamento da oleaginosa no país.

A produção de milho também pode chegar a um novo recorde pelo terceiro ano consecutivo, se o tempo cooperar, disse Céleres, prevendo uma colheita de 85,1 milhões de toneladas de milho do segundo exportador do cereal no mundo.

O Brasil, que está praticamente empatado com os Estados Unidos na produção de soja em 2012/13, é um dos poucos países com espaço para expandir a produção agrícola e deve ganhar uma fatia crescente da produção de alimentos do mundo nos próximos anos.

Os primeiros indicadores mostram áreas de soja em expansão de 4,8 por cento, para 29,2 milhões de hectares, disse a Céleres em seu primeiro relatório sobre a nova safra.

O relatório prevê que 39,5 milhões de toneladas de soja seria processada localmente, enquanto 41 milhões de toneladas poderiam ser exportadas.

"Do ponto de vista do balanço de oferta e demanda do complexo soja, a safra 2013/14 marca uma virada estrutural nessa indústria, com a exportação de soja ultrapassando o volume processado pela a indústria local", disse a Céleres.

Os agricultores estão bem capitalizados, depois de vender as colheitas de 2012/13 com o mercado a preços recordes e estão dispostos a assumir o risco de preços mais baixos para a oleaginosa, segundo a Céleres.

A demanda por grãos da América do Sul foi mais forte do que nunca neste ano, após uma seca nos Estados Unidos reduzir os estoques globais e elevar os preços.   Continuação...