HSBC e resseguradora Munich Re derrubam ações europeias

terça-feira, 6 de agosto de 2013 14:27 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES, 6 Ago (Reuters) - As ações europeias caíram nesta terça-feira, afetadas pelas quedas em importantes empresas do setor financeiro, HSBC e Munich Re, e alguns traders estimaram mais fraqueza já que os investidores buscam embolsar lucros do rali do mês passado.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 encerrou em queda de 0,4 por cento, a 1.220 pontos, rompendo uma série de ganhos de seis dias. O índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 caiu 0,70 por cento, para 2.790 pontos.

Os volumes foram baixos, com os do FTSEurofirst ficando em 90 por cento de sua média de 90 dias.

Os vendedores miraram o banco britânico HSBC pelo segundo dia consecutivo, depois que diversos corretores reduziram seus ratings e metas de preços na ação do banco, após resultado semestral decepcionante na segunda-feira.

Os papéis do HSBC, uma das maiores ações da Europa por capitalização de mercado --caíram 0,8 por cento, ampliando o recuo de 4,4 por cento na segunda-feira em reação aos resultados.

Os papéis da resseguradora Munich Re caíram 5,4 por cento, depois que seu lucro líquido do segundo trimestre caiu mais que o estimado, sendo que a empresa e o HSBC em conjunto retiraram a maior parte dos pontos do índice FTSEurofirst 300.

O chefe de estratégia da Logic Investments, Peter Rice, disse que muitos investidores estão vendendo para embolsar os lucros de um rali de um mês que fez o FTSEurofirst 300 subir 10 por cento ante a mínima de 2013 de 1.111 pontos, atingida no fim de junho.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,23 por cento, a 6.604 pontos.   Continuação...