Índices dos EUA recuam com incerteza sobre estímulo do Fed

terça-feira, 6 de agosto de 2013 18:11 BRT
 

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK, 6 Ago (Reuters) - As ações dos Estados Unidos recuaram pelo segundo dia consecutivo nesta terça-feira, após declarações de dois integrantes do Federal Reserve, banco central do país, alimentarem incertezas sobre o momento de uma possível redução em seu programa de compra de bônus.

O índice Dow Jones recuou 0,60 por cento, para 15.518 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,57 por cento, para 1.697 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,74 por cento, para 3.665 pontos.

O presidente do Fed de Atlanta, Dennis Lockhart, disse em entrevista à Market News International que o Fed pode começar a reduzir o ritmo de seu estímulo monetário já em setembro, mas pode aguardar ainda mais se o crescimento econômico previsto para o segundo semestre não corresponder às expectativas.

Mais tarde na sessão, o presidente do Fed de Chicago, Charles Evans, espelhou o sentimento ao afirmar que o banco central provavelmente diminuirá o programa mais tarde neste ano e pode fazê-lo a partir do próximo mês, dependendo de dados econômicos.

Autoridades do Fed "estão se protegendo, e é por isso que o mercado continua um pouco confuso e continuará volátil", disse o diretor da divisão da bolsa de valores de Nova York do O'Neil Securities, Ken Polcari.

"Não há nenhum motivo, neste momento, para o mercado avançar porque ainda é bastante incerto".

O declínio do S&P 500 na terça-feira foi o maior desde 24 de junho, com investidores continuando a realizar lucros após o recente rali que levou o Dow Jones e o S&P 500 a renovar máximas históricas na semana passada.