Light decide sobre devolução da concessão de Itaocara na quinta-feira

terça-feira, 6 de agosto de 2013 18:30 BRT
 

Por Anna Flávia Rochas

SÃO PAULO, 6 Ago (Reuters) - A Light decidirá sobre a devolução da concessão da hidrelétrica Itaocara em reunião do conselho de administração a ser realizada na quinta-feira, informaram a empresa e a Cemig, companhias que detêm a autorização para explorar a usina.

O diretor-presidente da Light, Paulo Roberto Pinto, disse na segunda-feira que a empresa pretende devolver ao governo a concessão para a construção da hidrelétrica na divisa entre Rio de Janeiro e Minas Gerais, caso o prazo para a exploração do empreendimento não seja estendido.

A concessão da hidrelétrica de Itaocara, de 145 megawatts, foi obtida pela Light no começo da década passada, mas a licença de instalação só foi concedida no mês passado. A empresa pede a readequação do prazo de concessão, já que perdeu cerca de um terço do período de concessão de 30 anos para obter o licenciamento ambiental.

O detentor da concessão da usina hidrelétrica de Itaocara é o Consórcio UHE Itaocara, no qual a Light participa, através de sua subsidiária integral Itaocara Energia Ltda, com 51 por cento. A Cemig, através de sua subsidiária integral Cemig Geração e Transmissão, detém outros 49 por cento.