Mantega: "Não sei" se IPCA de 2013 será menor do que 2012, "provavelmente sim"

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 11:21 BRT
 

BRASÍLIA, 7 Ago (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quarta-feira que não sabe se a inflação de 2013 ficará abaixo de 2012, acrescentando que isso "provavelmente" acontecerá.

Ao falar a jornalistas sobre o resultado do IPCA de julho, o ministro foi questionado se a inflação medida pelo índice ficará menor do que em 2012, quando foi de 5,84 por cento.

"Não sei, provavelmente sim", disse Mantega.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, tem afirmado que o objetivo da autoridade monetária é fazer alta do IPCA deste ano encerrar abaixo da de 2012, defendendo que a inflação começará a convergir para o centro da meta neste ano.

Analistas consultados pelo próprio BC na pesquisa Focus projetam que o IPCA deste ano ficará em 5,75 por cento. A meta de inflação do governo é de 4,5 por cento pelo IPCA, com tolerância de 2 pontos percentuais.

Nesta manhã, o IBGE informou que o IPCA subiu 0,03 por cento em julho, com a alta acumulada em 12 meses chegando a 6,27 por cento.

"Isso significa que a inflação sempre esteve sob controle e agora ela voltou para o patamar normal dessa época do ano", disse Mantega, alertando que o IPCA voltará a subir nos próximos meses.

"Eu já estou antecipando aqui antes que alguém diga: ‘ah, a inflação vai voltar'. Claro, a inflação tem uma sazonalidade e ela está tendo um comportamento normal agora no país", acrescentou ele.

(Reportagem de Nestor Rabello; Texto de Patrícia Duarte; Edição de Alexandre Caverni)