Alimento e transporte derrubam IPCA para menor alta em 3 anos

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 14:46 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier e Camila Moreira

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO, 7 Ago (Reuters) - A inflação ao consumidor brasileiro atingiu em julho a menor taxa em três anos favorecido pela queda dos preços de Transportes e Alimentos, voltando a ficar abaixo do teto da meta do governo no acumulado em 12 meses.

Entretanto, com os efeitos transitórios que favoreceram essa desaceleração se diluindo a partir de agosto, a alta dos preços deve voltar a acelerar. Ainda assim, a fraqueza da economia tende a ajudar a manter a inflação sob controle.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou variação positiva de 0,03 por cento em julho, após alta de 0,26 por cento em junho, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira. Essa é a menor taxa da inflação medida pelo IPCA desde julho de 2010, quando houve avanço de 0,01 por cento.

No acumulado de 12 meses em julho, a inflação medida pelo IPCA ficou em 6,27 por cento, registrando a menor alta acumulada desde janeiro deste ano, que foi de 6,15 por cento, e voltando a ficar abaixo do teto da meta do governo, de 4,5 por cento com tolerância de 2 pontos percentuais. Nos 12 meses encerrados em junho, o IPCA tinha subido 6,70 por cento.

Os resultados, entretanto, ficaram acima da expectativa mostrada em pesquisa da Reuters, cujas medianas das projeções eram de queda de 0,02 por cento no mês e alta de 6,23 por cento na base anual.

"O IPCA não foi negativo porque algumas despesas, como empregado doméstico, impediram. A inflação foi mais benéfica com as pessoas de menor renda, em que transportes e alimentos têm muito mais peso", disse a economista do IBGE Eulina Nunes dos Santos.

ALIMENTOS E TRANSPORTES

As principais influências para a desaceleração do IPCA vieram dos grupos Transportes e Alimentação e Bebidas. O primeiro, com peso de 24,65 por cento, e o segundo, com peso de 19,15 por cento, somam juntos 43,80 por cento do índice e foram responsáveis por -0,21 ponto do IPCA em julho.   Continuação...

 
Clientes compram ovos em mercado em São Paulo. A inflação ao consumidor brasileiro atingiu em julho a menor taxa em três anos favorecido pela queda dos preços de Transportes e Alimentos, voltando a ficar abaixo do teto da meta do governo no acumulado em 12 meses. 28/04/2013 REUTERS/Paulo Whitaker