Declarações de integrantes de BCs pesam sobre ações europeias

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 14:41 BRT
 

Por Tricia Wright

LONDRES, 7 Ago (Reuters) - As ações europeias caíram nesta quarta-feira, pressionadas por preocupações de que os bancos centrais dos Estados Unidos e da Europa comecem a apertar suas políticas monetárias mais cedo do que os mercados esperavam.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,27 por cento, a 1.217 pontos. O índice britânico FTSE 100, por sua vez, liderou as baixas do mercado, com queda de 1,41 por cento, depois de o Banco da Inglaterra dizer nesta quarta-feira que planeja manter a taxa de juros nas mínimas recordes até o desemprego cair para 7 por cento, uma meta mais modesta do que alguns esperavam.

O presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans, afirmou que o banco central dos EUA provavelmente reduzirá seu programa de compra de ativos mais à frente no ano, talvez já no próximo mês, dependendo de dados econômicos.

"Investidores estão questionando se o rali pode continuar diante de um aviso de que o estímulo será reduzido", disse o estrategista de mercado da Barclays Henk Potts.

Em LONDRES, o índice Financial Times caiu 1,41 por cento, a 6.511 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 0,47 por cento, para 8.260 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve alta de 0,15 por cento, a 4.038 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib ganhou 0,93 por cento, para 16.838 pontos.   Continuação...