Weatherford e petroleira Sinopec pretendem criar joint venture

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 15:28 BRT
 

Por Chen Aizhu

PEQUIM, 7 Ago (Reuters) - A petroleira chinesa Sinopec e a norte-americana Weatherford International estão em conversas avançadas para formar uma empresa de serviços para campos de petróleo, enquanto o grande consumidor de energia do mundo procura técnica no exterior para ajudar a explorar sua vasta reserva de xisto, afirmaram fontes próximas ao tema.

A joint venture seria a maior do tipo na China, podendo reunir o know-how tecnológico da Weatherford com o potencial da petroleira chinesa de crescer no nascente setor de óleo e gás de xisto.

A China, que teria a maior reserva de gás de xisto tecnicamente recuperável, espera replicar o boom do xisto que transformou o cenário energético dos Estados Unidos. O país pretende construir seus próprios campos de desenvolvimento, mas encontra desafios tecnológicos e ambientais devido à sua complexa geologia, alta densidade populacional e escassez de água.

Isso representa oportunidades para empresas especialistas em serviços de petróleo como Weatherford, Schlumberger, Halliburton e Baker Hughes, que estão na China há décadas mas que no passado focaram principalmente em explorar óleo e gás convencional.

A Weatherford, avaliada em 11 bilhões de dólares, por volta de um ano atrás iniciou conversas com a Sinopec Oilfield Service Company (SOSC), um novo serviço de exploração da gigante de energia chinesa, para explorar a possibilidade de uma joint venture. As conversas estão agora em estágio avançado, afirmaram à Reuters duas fontes próximas ao tema.