Honda investirá US$440,5 mi em 2a fábrica de carros no Brasil

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 17:32 BRT
 

TÓQUIO/SÃO PAULO (Reuters) - A Honda Motor anunciou nesta quarta-feira que investirá cerca de 440,55 milhões de dólares para construir sua segunda fábrica de automóveis no Brasil, que deve começar a produzir 120 mil veículos por ano a partir de 2015.

A nova fábrica, que será erguida em Itirapina, a 200 quilômetros de São Paulo, vai dobrar a capacidade anual de produção da Honda no país, para 240 mil veículos.

A unidade vai empregar 2 mil trabalhadores, número equivalente a cerca de 13 por cento da população da cidade, de 15 mil habitantes. A nova fábrica ficará cerca de 100 quilômetros distante da atual unidade produtiva da Honda em Sumaré (SP), aberta em 1997.

Segundo a Honda do Brasil, a fábrica produzirá "um veículo compacto, da categoria do Honda Fit, considerando a forte demanda neste segmento", afirmou a montadora no Brasil, sem dar detalhes.

Em maio, a companhia japonesa já havia anunciado que estudava uma série de locais no país para a instalação de sua segunda fábrica no Brasil.

A instalação será erguida em meio a uma série de investimentos para aumento de capacidade de montadoras rivais. No ano passado, Toyota e Hyundai inauguraram fábricas de carros compactos no país.

Com a nova unidade, o investimento acumulado da Honda Automóveis no Brasil desde o início da produção nacional em 1997 atingirá cerca de 3,5 bilhões de reais.

A associação que representa as montadoras do Brasil, Anfavea, espera um sétimo recorde consecutivo de vendas no país em 2013, para cerca de 4 milhões de veículos.

"Sendo o quarto maior mercado de automóveis do mundo, o Brasil é uma região muito importante para as operações da Honda. Com a expansão da capacidade, o nosso objetivo é ganhar competitividade", disse em comunicado à imprensa o presidente da companhia no país, Masahiro Takedagawa.

No primeiro semestre, a Honda vendeu 65.127 carros no Brasil, crescimento de 13,2 por cento sobre o mesmo período de 2012.

Além de ampliar sua capacidade de produção no segmento de compactos, a Honda também se prepara para atuar com mais força no mercado de luxo. Em outubro do ano passado, o presidente-executivo do grupo, Takanobu Ito, anunciou o lançamento da marca de luxo Acura em 2015 no país, de olho em um mercado de alta renda que tem atraído nomes como BMW e Mercedes-Benz e Lexus, da Toyota.