Funcionários da TAM aprovam programa de demissão voluntária

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 19:58 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 7 Ago (Reuters) - A TAM Linhas Aéreas informou que seus funcionários aprovaram nesta quarta-feira programa de demissão voluntária e licença não-remunerada acordado entre a companhia e o Sindicato Nacional dos Aeronautas para que a empresa possa demitir 811 empregados de seu quadro.

A aprovação ocorreu em assembleia realizada em São Paulo. A companhia aérea, que em 2012 concluiu o processo de fusão com a chilena LAN criando a Latam Airlines, reiterou que o ajuste está restrito à tripulação (comandantes, copilotos e comissários). O prazo para a adesão ao programa será de 8 a 16 de agosto.

O programa de licença não-remunerada estará aberto para tripulantes de todos os equipamentos e terá validade de 18 meses, prorrogáveis por outros 12. A TAM oferecerá benefícios por seis meses para o funcionário licenciado e seus familiares diretos, como plano de saúde e bilhetes aéreos iguais aos dos funcionários ativos.㰀

Já o programa de demissão voluntária será oferecido para tripulantes de aeronaves da família Airbus 320, e também incluirá uma indenização adicional para os que aderirem ao programa, além de seis meses de plano de saúde e três passagens aéreas para o funcionário e seus familiares diretos.

A empresa anunciou ainda que assumirá os custos da revalidação da Certificação de Habilitação Técnica dos tripulantes, nos casos em que ela vencer nos três meses após o aceite do programa, e dará apoio à transição de carreira com consultoria especializada.

(Por Luciana Bruno)