Lucro líquido da Vale no 2o tri despenca para R$832 mi

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 20:18 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 7 Ago (Reuters) - O lucro líquido da Vale despencou no segundo trimestre para 832 milhões de reais, ante lucro de 5,32 bilhões de reais no mesmo período de 2012, em meio a perdas contábeis cambiais bilionárias por conta da valorização do dólar ante o real, informou a mineradora nesta quarta-feira.

A maior produtora de minério de ferro do mundo ainda reportou queda na produção, nas vendas e no preço da commodity vendida no segundo trimestre, em meio a uma desaceleração da economia da China, principal cliente da mineradora.

O lucro líquido pelos padrões norte-americanos (USGAAP) veio bem abaixo do esperado pelo mercado, somando 424 milhões de dólares. Segundo pesquisa da Reuters com 18 previsões de bancos e corretoras, a expectativa média era de ganhos de 2,46 bilhões de dólares.

O lucro líquido básico, excluindo os efeitos contábeis não-caixa e/ou não recorrentes, foi de 5,179 bilhões de reais no período. A Vale divulgou perdas cambiais e monetária de 4,172 bilhões de reais e de 1,707 bilhões de reais com swaps de moedas no segundo trimestre.

"Com a inclusão das mudanças contábeis, que não afetam nosso resultado financeiro real, mas devem ser aplicadas de acordo com regras gerais de contabilidade do IFRS, nosso lucro líquido foi de 832 milhões de reais no segundo trimestre", disse a Vale

O resultado financeiro líquido foi negativo em 7 bilhões de reais no segundo trimestre.

"A forte apreciação do dólar americano em relação ao real --10,5 por cento comparando os preços finais do 2T13 e 1T13-- foi a principal razão do impacto negativo nas variações monetárias e cambiais de 4,172 bilhões de reais", explicou a mineradora.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), excluindo os efeitos não recorrentes e não-caixa, somou 10,3 bilhões de reais - alta de 1,9 por cento ante o mesmo trimestre do ano passado.

VENDAS E PRODUÇÃO   Continuação...