Cosan reduz estimativa de investimento para 2013 em R$150 mi

quinta-feira, 8 de agosto de 2013 11:49 BRT
 

SÃO PAULO, 8 Ago (Reuters) - A empresa de energia e infraestrutura Cosan reduziu sua estimativa de investimento (Capex) para 2013 em 150 milhões de reais, para de 2,95 a 3,2 bilhões de reais, com menores recursos sendo destinados à unidade Raízen Energia, que opera no setor de produção de açúcar, etanol e eletricidade.

"Estamos falando do capex que não é o capex de manutenção, até porque estamos revendo projetos que não necessariamente saíram do nosso portfólio, mas que eventualmente vão ser postergados", disse nesta quinta-feira o vice-presidente de Finanças e diretor de Relações com Investidores da empresa, Marcelo Martins, sem dar detalhes sobre os projetos que podem ser adiados.

A empresa prevê investimentos menores na área de aviação, entre outros setores, devido a uma menor demanda do setor por combustível.

"A gente tem reduzido o guidance e as aprovações internas de investimentos de uma maneira geral, tentando de alguma forma reduzir o nível de capex global da companhia", disse o diretor-presidente Marcos Lutz, durante conferência com jornalistas, para analisar os resultados da empresa no último trimestre.

A empresa teve prejuízo líquido muito superior a estimativa de analistas, de 198 milhões de reais entre abril e junho, principalmente por conta da valorização do dólar ante o real no período, informou a empresa nesta quarta-feira.

SAFRA

Geadas que atingiram áreas agrícolas, incluindo canaviais, no sul do país e em Mato Grosso do Sul há cerca de duas semanas, atingiram uma pequena área da Cosan, disseram executivos da empresa.

"A gente tem uma unidade que tem algum impacto, bastante limitado, na ordem de 100 mil toneladas, o que no nosso universo de 60 milhões de toneladas, é uma variação de um ou dois dias de chuva a mais, o que não muda nosso guidance", disse Lutz.

A Cosan manteve sua estimativa de moer 59 a 62 milhões de toneladas de cana em 2013, com vendas de açúcar entre 4,3 e 4,6 milhões de toneladas e de etanol de 2,1 a 2,3 bilhões de litros.

(Reportagem de Gustavo Bonato)