8 de Agosto de 2013 / às 15:24 / em 4 anos

Eletropaulo estima investir R$550 mi em 2014 com recursos próprios

SÃO PAULO, 8 Ago (Reuters) - A Eletropaulo, distribuidora de energia que atua no Estado de São Paulo, estima investimentos de 550 milhões de reais em 2014 com recursos próprios, disse nesta quinta-feira o presidente da empresa, Britaldo Soares.

“Estamos em fase de replanejamento, mas estamos trabalhando com um investimento da ordem de 550 milhões de reais, ainda sujeito a algum ajuste”, disse Britaldo em teleconferência com analistas.

A AES Eletropaulo investiu 339,7 milhões de reais no primeiro semestre de 2013, conforme divulgou nas demonstrações financeiras na quarta-feira, dos quais 307,7 milhões de reais foram com recursos próprios e 32 milhões de reais financiados pelos clientes.

O investimento em 2013 será de 673,6 milhões de reais, dos quais 621 milhões de reais serão realizados com recursos próprios.

A Eletropaulo divulgou na quarta-feira um resultado superior à expectativa de analistas, ajudada por recursos recebidos por meio da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para cobrir gastos involuntários no mercado de energia de curto prazo e pela redução de despesas gerenciáveis.

A empresa recebeu 506 milhões de reais do governo por meio da CDE, conta que está sendo usada para cobrir custos adicionais das distribuidoras de energia relacionados com o maior uso de energia termelétrica. O acionamento das térmicas passou a ocorrer mais fortemente no final do ano passado, para garantir o suprimento de energia do país em momento em que os reservatórios das hidrelétricas estavam em níveis recordes de baixa.

“Isso propicia que a companhia venha hoje trabalhando com liquidez de caixa de 1,3 bilhão a 1,4 bilhão de reais”, disse Britaldo Soares.

A empresa teve lucro líquido de 245,3 milhões de reais no segundo trimestre, mais de 5 vezes maior que o registrado no mesmo período de 2012, ante estimativa de analistas de que fosse de 158,2 milhões de reais.

O papel da empresa subia 5,71 por cento, às 12h10.

A companhia não irá distribuir dividendos referentes ao período e mantém a estratégia de reduzir custos e reestruturação da dívida. No segundo trimestre, a empresa reduziu em 30 milhões de reais os custos com Pessoal, Material, Serviços de Terceiros e Outros(PMSO gerenciável).

“Estamos focados na disciplina financeira da companhia, desavalancagem e em fazer reorganização do fundo de pensão”, disse Britaldo, ao acrescentar que pretende retirar do balanço a volatilidade do valor contábil da dívida do fundo de pensão da empresa.

MERCADO CATIVO

A Eletropaulo considera que o crescimento do consumo de energia de seu mercado cativo manterá a média histórica de 2 por cento no ano, apesar de ter recuado 0,7 por cento no primeiro semestre.

“Nossa visão está em linha com a média histórica. A gente acredita que no segundo semestre (o consumo) vá ter uma evolução”, disse o diretor financeiro da empresa Gustavo Pimenta.

Por Anna Flávia Rochas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below