Cetip lucra R$91,2 mi no 2º tri, com mais receitas e menos investimentos

quinta-feira, 8 de agosto de 2013 20:13 BRT
 

8 Ago (Reuters) - A Cetip teve lucro maior no segundo trimestre, beneficiada por maiores receitas com custódia de ativos, maiores registros de instrumentos de renda fixa e menos investimentos.

A maior depositária de títulos privados de renda fixa da América Latina informou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de 91,2 milhões de reais de abril a junho, um avanço de 43,6 por cento no comparativo anual. O lucro ficou um pouco acima da média prevista por analistas consultados pela Reuters, de 90,2 milhões de reais.

No período, o resultado operacional da companhia medido pelo Ebtida (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 161,3 milhões de reais, alta de 20,5 por cento ante um ano antes. O Ebitda ajustado, que exclui a remuneração baseada em ações sem desembolso de caixa, foi de 167 milhões de reais.

A empresa foi beneficiada pelo avanço de 17,9 por cento do volume médio mensal de ativos sob custódia, em 12 meses, refletindo crescimento no volume médio de debêntures, cotas de fundo e letras financeiras.

Além disso, o valor nocional dos derivativos registrados atingiu 1,49 trilhão de reais, 53 por cento maior que o segundo trimestre de 2012, e 68,6 por cento superior ao primeiro trimestre.

Com isso, a receita líquida da companhia somou 228,9 milhões no trimestre, alta anual de 18 por cento. A queda dos investimentos consumiu menos receitas. No segundo trimestre, os investimentos totais da Cetip (Capex) somaram 8,7 milhões de reais, recuo de 15,3 por cento na comparação anual.

(Por Natalia Gómez)