Economia alemã deve ter crescido no 2º tri, diz ministério

sexta-feira, 9 de agosto de 2013 08:42 BRT
 

BERLIM, 9 Ago (Reuters) - A economia da alemã deve ter crescido de modo significativo entre abril e junho, auxiliada pelo maior consumo privado e investimentos em construção, mas a expansão será mais modesta no restante do ano, disse o Ministério da Economia.

"A economia alemã cresceu de modo vigoroso na primavera (no hemisfério norte)", informou o ministério nesta sexta-feira em seu relatório mensal. "Depois que o clima prejudicou o crescimento no primeiro trimestre, houve um surto de crescimento no segundo trimestre."

O ritmo modesto de taxa de crescimento na economia deve acelerar levemente no resto do ano, afetado pelo cenário difícil europeu e internacional, informou o ministério.

O Bundesbank, banco central alemão, disse em junho que a economia alemã iria desacelerar depois de ganhar força no segundo trimestre, e esperava apenas 0,3 por cento de crescimento para o ano.

Desde então, o cenário dos dados tem melhorado de certa forma, com a produção industrial e as encomendas aumentando muito mais que o esperado em junho.

Os dados preliminares do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre na maior economia da Europa serão divulgados em 14 de agosto --cinco semanas antes das eleições parlamentares.

Economistas estimam o crescimento trimestral entre 0,6 e 1 por cento.

(Reportagem de Michelle Martin)