Dilma: desemprego continua baixo e inflação está sob controle

sexta-feira, 9 de agosto de 2013 14:29 BRT
 

9 Ago (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira que a taxa de desemprego no país continua baixa, apesar de estar há seis meses sem ceder, e que a inflação está sob controle.

"É escandaloso que alguém diga que o desemprego cresceu... O fato é que o Brasil nunca teve uma taxa tão baixa de desemprego", disse Dilma em entrevista a rádios gaúchas.

A taxa de desemprego do Brasil surpreendeu em junho ao subir para 6,0 por cento, marcando o sexto mês seguido que não cede e o patamar mais alto desde abril de 2012, ao mesmo tempo em que o rendimento da população caiu pela quarta vez seguida.

Esse cenário ocorre num momento de falta de confiança em diversos segmentos da economia, em meio à recuperação da atividade que ainda patina.

Na entrevista, a presidente lembrou que foram criados 826 mil empregos entre janeiro e junho passados e que, em quatro anos, foram 4,4 milhões de empregos formais.

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho, a geração de emprego com carteira assinada no semestre passado foi a pior desde 2009, auge da crise financeira internacional.

Dilma também voltou a defender que a inflação no país está sob controle e que existe uma situação de queda generalizada de preços.

"A inflação no Brasil está sob controle, nós tivemos um período de dificuldades e conseguimos superá-lo. Foi feito um esforço e essa superação ocorreu", afirmou a presidente, sem fazer projeções para a inflação, apenas defendendo que ela ficará dentro da meta do governo, de 4,5 por cento pelo IPCA, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Em julho, o IPCA registrou leve alta de 0,03 por cento, acumulando em 12 meses 6,27 por cento.

(Por Patrícia Duarte, em São Paulo)

 
Presidente Dilma Rousseff fala com jornalistas após cerimônia de assinatura do Estatuto da Juventude no Palácio do Planalto, em Brasília. Dilma defendeu nesta sexta-feira que a taxa de desemprego no país continua baixa, apesar de estar há seis meses sem ceder, e que a inflação está sob controle. 5/08/2013. REUTERS/Ueslei Marcelino